YouTube remove mais de um milhão de vídeos com fake news sobre a covid-19

No último ano e meio, a plataforma removeu quase 10 milhões de vídeos por trimestre.



Desde Fevereiro de 2020, o YouTube removeu mais de um milhão de vídeos com informação perigosa ou falsa sobre a covid-19. Em comunicado divulgado esta quinta-feira, a plataforma explica contar com o “consenso” de especialistas de saúde, como o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC) e a Organização Mundial de Saúde (OMS), “para acompanhar a ciência” à medida que evolui e para identificar “com base em factos” conteúdos mal intencionados.

No último ano e meio, o YouTube removeu quase 10 mil de vídeos por trimestre. Segundo revelou um dos directores da plataforma, Neil Mohan, em comunicado, a maioria nem chegou a ter 10 visualizações.

Mohan enalteceu ainda o empenho da empresa em combater a desinformação “perigosa sobre o coronavírus”, numa altura em que as redes sociais são acusadas de contribuir para a disseminar ideias enganadoras.

Ler mais
PUB