Elon Musk quer comprar Twitter: oferece 54,20 dólares por cada acção

Actualmente, o multimilionário detém um pouco mais de 9% da empresa Twitter Inc, sendo o maior accionista.



O presidente da Tesla, Elon Musk, que recentemente adquiriu uma participação de 9,2% no Twitter, ofereceu-se para comprar as restantes acções da empresa e retirá-la de Wall Street.

Musk ofereceu 54,20 dólares por acção do Twitter, o que perfaz um total de 43 mil milhões de dólares (39,6 mil milhões de euros). Num documento enviado ao reguladores da bolsa de valores dos Estados Unidos na quarta-feira, o multimilionário refere que esta é “a sua melhor e última oferta”. Em caso de recusa, ameaça “reconsiderar a sua posição como accionista” na rede social.

Actualmente, Elon Musk detém um pouco mais de 9% da empresa Twitter Inc, sendo o maior accionista.

“Investi no Twitter porque acredito no seu potencial para ser a plataforma de livre expressão em todo o mundo e acredito que a livre expressão é um imperativo social para uma democracia funcional”, diz Musk no documento.

“Contudo, desde que fiz o meu investimento, apercebi-me agora de que a empresa não irá prosperar nem servir este imperativo da sociedade na sua forma actual. O Twitter precisa de ser transformado como uma empresa privada”, afirmou.

Ler mais
PUB