Airbnb disponibiliza alojamento gratuito a refugiados afegãos

A plataforma vai pagar pelas estadas, mas diz que não poderá receber os refugiados “sem a generosidade” dos proprietários dos alojamentos locais.



O Airbnb vai disponibilizar alojamento temporário gratuito a 20 mil refugiados afegãos em todo o mundo, anunciou, esta terça-feira, Brian Chesky, co-fundador da plataforma de alojamento local. A iniciativa surge como resposta a “uma das crises humanitárias mais sérias”, disse.

A plataforma vai pagar pelas estadas, mas diz que não poderá receber os refugiados “sem a generosidade” dos proprietários dos alojamentos locais. “Se está disposto a hospedar uma família de refugiados, entre em contacto”, escreveu o co-fundador na rede social Twitter.

A iniciativa é promovida em conjunto com a Airbnb.org - organização independente sem fins lucrativos dedicada a facilitar estadias temporárias em momentos de crise.

Em comunicado, a empresa refere que o custo com acolhimento será financiado através de contribuições para a organização por parte da Airbnb e de Brian Chesky, assim como de doadores para o Airbnb.org Refugee Fund.

Ler mais
PUB