Quem quer casar com António Costa e Rui Rio?

O NOVO traça os vários cenários possíveis para garantir a governabilidade depois das eleições legislativas. Conheça quais são as hipóteses preferidas pelos líderes do PS e do PSD, caso vençam as eleições, e as várias hipóteses que podem vir a estar em cima da mesa para evitar uma nova crise política.



As dúvidas sobre os resultados das eleições são muitas, mas o NOVO traça nesta edição os vários cenários possíveis para garantir a governabilidade.

Se o PS vencer, António Costa, que abandonou a ideia de conquistar a maioria absoluta, a meio da campanha, admite uma nova geringonça e conta com a disponibilidade dos partidos à sua esquerda para voltar a tentar a estabilidade que não conseguiu na anterior legislatura. Mas o cenário preferido do secretário-geral do PS seria precisar apenas do PAN e, eventualmente, do Livre, se Rui Tavares conseguir eleger deputados. Uma solução que exigiria um resultado próximo da maioria absoluta. Governar “à Guterres” será outra hipótese e, neste caso, dificilmente escapará a entendimentos com o PSD.

Se o PSD vencer as eleições, Rui Rio quer uma coligação com os liberais e o CDS. Não está excluída a hipótese de incluir também o PAN. Mas esta solução só é viável se o PSD conseguir a maioria juntamente com estes partidos. Caso contrário poderá precisar do apoio do Chega e Rui Rio não podia ter sido mais claro ao excluir incluir o partido de André Ventura no Governo. Outra solução seria contar com o apoio dos socialistas e, nesse cenário, a luta interna que se seguirá à saída de António Costa poderá ajudar.

Poderá ler nesta edição em papel do NOVO, que está nas bancas esta sexta-feira, 28 de janeiro, estes e outros cenários possíveis, a seguir às eleições deste domingo.

$!Quem quer casar com António Costa e Rui Rio?
Ler mais
PUB