Moedas lança confusão mas CDS garante que assunto está encerrado

A proposta de construir uma estátua para homenagear o general Vasco Gonçalves tornou-se um assunto delicado para a coligação em Lisboa. Nuno Melo já conversou com Carlos Moedas e garante que “o assunto está ultrapassado”. A associação Conquistas da Revolução espera que o presidente da Câmara de Lisboa cumpra a promessa que fez e marque uma reunião para discutir projecto.



Carlos Moedas lançou a confusão ao prometer “começar a trabalhar” para construir um monumento com o objectivo de homenagear o general Vasco Gonçalves, mas o CDS garante que o assunto está encerrado.

A Associação Conquistas da Revolução (ACR), que lançou o desafio ao autarca de Lisboa, continua, porém, à espera de uma reunião para explicar os detalhes do projecto. A única certeza é que o arquitecto Siza Vieira aceitou desenhar o monumento para homenagear um dos mais polémicos militares de Abril.

Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa ignoraram as comemorações do nascimento do primeiro-ministro de governos provisórios do PREC.

Leia o artigo na íntegra na edição do NOVO que está este sábado, dia 6 de Agosto, nas bancas.

$!Moedas lança confusão mas CDS garante que assunto está encerrado
Ler mais
PUB