Deputado socialista critica Francisca Van Dunem. “Quem decide é o primeiro-ministro”

Ascenso Simões lamenta que a ministra da Justiça tenha anunciado saída do Governo. Van Dunem revelou que estava previsto ser substituída e não vai integrar o próximo Governo. “Senhora ministra, um membro do Governo não anuncia saídas. Pode decidir não entrar, mas quem decide, quem e quando deve sair, é o primeiro-ministro”, afirma o deputado do PS.



O deputado socialista Ascenso Simões criticou esta sexta-feira a ministra da Justiça por ter anunciado que não vai integrar um próximo governo.

“Senhora ministra, um membro do Governo não anuncia saídas. Pode decidir não entrar, mas quem decide, quem e quando deve sair, é o primeiro-ministro”, escreveu, nas redes sociais, Ascenso Simões.

O deputado socialista defende que os governantes devem ter “sentido de Estado” e cumprir as regras entre “pessoas educadas”.

Francisca Van Dunem disse, em entrevista ao diário Público, que não quer entrar no próximo Governo se o PS vencer as eleições.

A ministra revelou ainda que estava prevista a sua substituição a seguir à presidência portuguesa da União Europeia, porque “era suposto que houvesse” uma remodelação. “Eu já estava neste Governo [apenas] até final da Presidência portuguesa da União Europeia, era a combinação que tínhamos”, disse.

Ler mais
PUB