Costa aceita demissão de Cabrita: “É um ciclo que termina”

Primeiro-ministro falou ao país uns minutos depois de Eduardo Cabrita ter apresentado a demissão e elogiou “os resultados” do ministro. O nome que vai substituir Cabrita, a menos de dois meses das eleições legislativas, será conhecido nos próximos dias.



António Costa vai indicar nos próximos dias um novo nome para ministro da Administração Interna. “Aceitei o seu pedido de exoneração, já comuniquei ao Presidente da República e oportunamente designarei uma personalidade para o substituir”, disse.

O primeiro-ministro, que se dirigiu ao país a seguir à demissão de Eduardo Cabrita, agradeceu ao responsável pela Administração Interna o trabalho que desenvolveu e destacou “os resultados” na área da segurança nos últimos anos. “É um ciclo que termina”, disse António Costa, garantindo que a iniciativa de sair do Governo partiu de Eduardo Cabrita.

Costa disse ainda que o ministro se demitiu agora porque foi “conhecida a acusação”. A acusação relativa ao acidente que vitimou um trabalhador na A6, no dia 18 de Junho, foi conhecida esta sexta-feira. António Costa, que falou sobre a demissão de Cabrita, no Porto, à margem de uma sessão empresarial, disse ter já informado o Presidente da República. O nome que vai substituir Eduardo Cabrita será conhecido nos próximos dias.

Eduardo Cabrita esteve envolvido em várias polémicas e há muito tempo que a oposição pede a sua demissão. O ministro acabou por não resistir, mas só saiu depois da queda do Governo provocada pelo chumbo do Orçamento do Estado para o próximo ano.

Ler mais
PUB