Caso Nissan. Fabricantes de eléctricos contradizem Governo

Ministério do Ambiente assegura que contactou a Citroën, Peugeot, Tesla e BMW telefonicamente para celebrar acordos semelhantes ao da Nissan. Citroën e Peugeot não têm registo de contacto e BMW não consegue confirmar, mas alerta que ceder veículos gratuitamente ao Governo violaria as regras de compliance. A Renault ficou de fora do lote de contactados, mas estaria disponível para avaliar uma parceria com entidades públicas.



TÓPICOS

Fabricantes de eléctricos que o Ministério do Ambiente assegura ter contactado, em 2018, contradizem o Governo e dizem não terem recebido qualquer pedido para ceder gratuitamente veículos ao Estado, à semelhança da Nissan. Há ainda outra marca de eléctricos que não foi contactada na altura e estaria disponíveil para celebrar protocolos semelhantes.

O NOVO revelou, em exclusivo, na edição anterior que o primeiro-ministro e o ministro do Ambiente fazem deslocações oficiais em veículos eléctricos cedidos gratuitamente pela Nissan ao abrigo de um protocolo assinado em 2018. Este acordo deixa, porém, dúvidas a especialistas em Direito Administrativo, que questionam se terão sido respeitados os princípios da concorrência e da transparência.

Leia o artigo na íntegra na edição do NOVO que está, este sábado, dia 10 de Setembro, nas bancas.

$!Caso Nissan. Fabricantes de eléctricos contradizem Governo
Ler mais