Três detidos em operação da PJ. Dois são fiscais da Câmara de Lisboa

Dois fiscais de obras da Câmara Municipal de Lisboa estão entre os detidos pela Polícia Judiciária numa operação levada a cabo esta terça-feira. Em causa estão fortes suspeitas de corrupção.



A Polícia Judiciária (PJ) deteve, esta terça-feira, três suspeitos sobre os quais recaem fortes suspeitas de corrupção. Dois deles são fiscais da Divisão de Fiscalização de Obras da Câmara Municipal de Lisboa.

As detenções, explica a força de segurança em comunicado, foram feitas na sequência de uma acção levada a cabo na capital esta manhã. A PJ acompanhou um “encontro, previamente agendado, entre dois fiscais daquela Divisão de Fiscalização e um cidadão proprietário de uma obra em curso na cidade de Lisboa”.

Para além das detenções, “uma das quais em cumprimento de mandado emitido pela autoridade judiciária competente”, a Judiciária realizou buscas domiciliárias e buscas não domiciliárias nos postos de trabalho localizados na Câmara Municipal de Lisboa e conseguiu recolher “prova relevante” e “elevadas quantias em numerário”.

A autoridade vai dar continuidade à investigação, enquanto os detidos serão presentes a primeiro interrogatório no Tribunal Central de Instrução Criminal de Lisboa para aplicação das medidas de coacção.

Ler mais
PUB