Taxa de votação é a mais baixa de sempre às 16 horas

Afluência dos portugueses às urnas foi de 42,34%, ao passo que há quatro anos se registavam 44,39% dos votos possíveis. E em 2013 era 43,4%.



Continua a avizinhar-se o cenário da subida da abstenção nas eleições que decorrem este domingo. A taxa de votação continua inferior em relação ao sufrágio de há quatro anos e será mesmo a mais baixa de sempre em eleições autárquicas. Até às 16 horas registaram-se 42,34% dos votos possíveis e em 2017 tinham votado, à mesma hora, 44,39% dos eleitores.

Recorde-se que ao meio dia deste domingo, de acordo com a secretaria-geral do Ministério da Administração Interna, votaram 20,1% dos eleitores quando em 2017 já se tinham registado 22,1% dos votos possíveis. A diferença era de 2% na primeira actualização e agora teve um aumento ligeiro para 2,05%.

O porta-voz da Comissão Nacional de Eleições, João Tiago Machado, em declarações à RTP3, afirmou: “Chega a ser mais baixa do que a de 2013, que, por esta hora, tinha sido 43,4%.”

Tendo em consideração os 45% de abstenção das Autárquicas de 2017, mesmo não havendo valores confirmados de abstenção para as eleições de 2021, pode-se esperar um registo ligeiramente superior. Só uma superior afluência dos portugueses nas últimas horas poderá alterar este cenário.

Ler mais
PUB