Preso aproveitou saída precária de Natal para não voltar à cadeia mas foi agora apanhado a roubar

O fugitivo, de 48 anos, que se evadiu da prisão de Izeda, Mogadouro, foi localizado e interceptado na terça-feira pela GNR quando transportava material furtado na companhia de uma mulher de 31 anos, sua cúmplice. Ele voltou à cadeia e ela foi detida.



Militares de posto de Mogadouro, do comando territorial de Bragança da GNR, detiveram um homem de 48 anos que estava evadido do do Estabelecimento Prisional de Izeda, concelho de Mogadouro, desde a quadra natalícia, período em que aproveitou uma saída precária para não voltar à cadeia.

Por causa do “alerta de evasão do suspeito desde a sua saída precária no período festivo do natal, foi possível apurar-se que o homem fazia a sua rotina acompanhado por uma mulher de 31 anos, e que só ao anoitecer apareciam junto das localidades do concelho”, detalha a GNR.

Como os seus movimentos já eram monitorizados pela GNR, “os suspeitos foram localizados e interceptados pelos militares da Guarda no momento que em transportavam material furtado”.

Traziam consigo bens que trouxeram de uma casa que assaltaram. Os bens acabaram por ser restituídos ao proprietário.

A GNR adiantou que o evadido foi conduzido ao Estabelecimento Prisional de Izeda e a mulher de 31 anos foi detida. Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Mogadouro.

A operação policial contou com o reforço dos Postos Territoriais de Argozelo e de Torre de Moncorvo, e da Equipa de Protecção Florestal (EPF) de Torre de Moncorvo.

Ler mais