Portugal com 564 surtos activos de covid-19

Os números traduzem-se em pouco mais de metade do máximo atingido em Fevereiro, quando chegou a haver 921 surtos activos no país. A maioria verifica-se em escolas.



As autoridades de saúde registam esta semana um total de 564 surtos activos, a maioria em escolas. Os números, segundo a Direcção-Geral da Saúde (DGS), traduzem-se em pouco mais de metade do máximo atingido em Fevereiro, quando chegou a haver 921 surtos activos no país.

Na segunda-feira, Portugal continental registava 44 surtos em lares, 338 em escolas e 16 em instituições de saúde.

Do total de surtos activos no início da semana, a maioria (280) localiza-se na área da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT), seguida da ARS Norte (119), ARS centro (102), ARS Algarve (35) e ARS Alentejo (28).

Estes surtos activos contrastam com os valores de Fevereiro, quando o país atingiu um máximo de 921 surtos activos.

“A diminuição drástica neste contexto demonstra a importância que a vacinação tem tido no controlo da pandemia e na protecção da população mais vulnerável”, defende a DGS.

Um surto activo é constituído por dois ou mais casos confirmados com ligação epidemiológica entre si no tempo e no espaço.

Ler mais
PUB