População deve proteger-se durante Festas de Lisboa, diz Moedas

Presidente da Câmara de Lisboa considera que se vive um momento diferente e que, por isso, a cidade deve estar aberta.



O presidente da Câmara de Lisboa disse esta sexta-feira que a população deve proteger-se contra a covid-19 durante as festas da cidade, salientando, no entanto, que se vive um momento diferente e que, por isso, a cidade deve estar aberta.

Durante a apresentação do programa das Festas de Lisboa, Carlos Moedas foi questionado sobre a projecção de 60 mil casos diários no país dentro de duas semanas, tendo sublinhado que foi dado um “salto enorme em termos científicos, com as vacinas”, e que os casos não são comparáveis aos registados em “outras vagas de covid”.

“A covid está a tornar-se endémica mesmo com esse número de casos. Não sou especialista, sou presidente da câmara, mas o que eu digo é que Lisboa tem de estar aberta”, sublinhou, lembrando que “as pessoas devem proteger-se.”

“Podemos ter uma actividade normal. Para mim, as festas significam voltar a essa normalidade”, afirmou, acrescentando que a sua função como presidente da câmara “é manter a cidade aberta.”

Ler mais
PUB