MP pede levantamento de imunidade parlamentar de Eduardo Cabrita

Ministério Público fez o pedido para que o antigo ministro do governo de António Costa possa ser constituído arguido no caso do acidente mortal de viação na A6.



O Ministério Público pediu o levantamento da imunidade parlamentar do antigo ministro Eduardo Cabrita, para que este possa ser constituído arguido no caso do acidente mortal de viação na A6.

O pedido foi deferido esta segunda-feira pelo juiz do Juízo de Instrução Criminal do Tribunal de Évora, Marcos Ramos. No pedido, a que o Observador teve acesso, é explicado que o antigo ministro do governo de António Costa poderá vir a ser acusado de homicídio por negligência por omissão, uma vez que seguia no carro conduzido por Marco Pontes, motorista da viatura acusado de homicídio por negligência.

O DIAP de Évora reabriu a investigação ao acidente, apontando que “as alegadas condutas omissivas” do ex-governante não foram “objecto de apreciação e decisão em sede de despacho de encerramento de inquérito”, em Dezembro do ano passado.

Além de Eduardo Cabrita, também o “responsável pela segurança da comitiva” na altura, Nuno Dias, será constituído arguido.

Ler mais
PUB>