Lotação em espectáculos a 100% com lugares sentados e em pé

Em Setembro, a lotação dos espaços culturais tinha aumentado para 75%, tal como previsto na segunda fase do plano - mas apenas dos lugares sentados.



As salas de espectáculos e de cinema voltam a poder ter ocupação a 100%, “com lugares sentados e/ou em pé”, revela uma orientação da Direcção-Geral da Saúde (DGS) actualizada na terça-feira.

No caso dos recintos fixos, “a ocupação das salas de espectáculos, de exibição de filmes cinematográficos com lugares sentados e/ou em pé não pode ultrapassar a capacidade licenciada do recinto” mas “pode ser de 100% da capacidade licenciada”.

Em Setembro, a lotação dos espaços culturais tinha aumentado para 75%, tal como previsto na segunda fase do plano, mas apenas dos lugares sentados.

De acordo com a norma actualizada sobre lotação dos espaços culturais, e ainda em relação aos recintos fixos, “a realização de festivais ou espectáculos de natureza análoga [...] não carece de avaliação de risco pelas autoridades de saúde locais, desde que cumprida a presente orientação”.

Relativamente aos recintos provisórios ou improvisados, no caso de se tratar de espaços cobertos, “os eventos culturais, espectáculos tauromáquicos, festivais ou espectáculos de natureza análoga, com lotação acima de 1.000 espectadores, são precedidos de avaliação de risco, pelas autoridades de saúde locais, para determinação da viabilidade e condições da sua realização”. Neste tipo de recintos ao ar livre a avaliação de risco só acontece em espectáculos com mais de cinco mil espectadores.

Ler mais
PUB>