Julho foi o mês com mais testes realizados desde o início da pandemia

Mais de dois milhões de testes à covid-19 foram feitos só durante o mês de Julho, segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA).



Julho foi o mês em que foram feitos mais testes à covid-19 desde o início da pandemia. Num total de cerca de 16 milhões já realizados em Portugal, mais de dois milhões foram feitos só durante o mês de Julho deste ano, de acordo com dados revelados pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), citados pela Lusa.

“Foi alcançado um novo máximo mensal de testagem à covid-19 em Portugal”, pode ler-se no comunicado do INSA, no qual é especificado que foram feitos, apenas durante o mês de Julho, 2.031.649 testes de diagnóstico à covid-19 (PCR e testes rápidos de antigénio).

“Trata-se dos números de testagem mensal mais elevados desde o início da pandemia, que correspondem a 12,9% do total de testes de diagnóstico efectuados desde Março de 2020”, referiu ainda o INSA.

Dados avançados à agência Lusa pelo INSA precisam que 16 de Julho foi o dia em que foram realizados mais testes (95.680), com uma taxa de positividade de 4,4%.

A proporção de positividade na semana de 9 a 15 de Julho foi de 4,9%, na semana de 16 a 22, foi de 5,2%, e na semana de 23 a 29 de Julho foi de 4,2%, referem os dados, sublinhando que na semana de 30 de Julho a 5 de Agosto, a taxa de positividade baixou para 3,9%.

Ler mais