Frente Comum convoca greve nacional da função pública para 12 de Novembro

Em causa está “a ausência de propostas que dêem resposta aos problemas” dos trabalhadores da administração pública.



TÓPICOS

A Frente Comum propôs aos sindicatos um greve nacional da Função Pública no dia 12 de Novembro. Em causa está “a ausência de propostas que dêem resposta aos problemas” dos trabalhadores da administração pública, explica a estrutura sindical em comunicado. A falta de respostas, acrescenta, ilustra “a falta de vontade política por parte do Governo” em resolver as questões colocadas.

O sindicato critica ainda a forma como o Governo deu a conhecer a intenção de alterar a posição de entrada na Carreira de Técnico Superior, bem como outras alterações ao desenvolvimento desta Carreira, afirmando que esta foi feita “com recurso à Comunicação Social”.

“A Frente Comum, denuncia e repudia veementemente esta atitude, de total desrespeito pelas Estruturas Representativas dos trabalhadores - dá-se prioridade à publicidade em detrimento de um processo negocial sério”, pode ler-se na nota.

O Orçamento do Estado para 2022, entregue na Assembleia da República na segunda-feira à noite, confirma aumentos salariais de 0,9% para funcionários públicos no próximo ano.

Ler mais
PUB