Ensino superior: mais de 60% dos candidatos à 2.ª fase não entraram

Números dos que ficaram de fora dispararam depois de uma 1.ª fase em que 77% dos candidatos ficaram colocados.



Apenas 40% dos candidatos à 2.ª fase do Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior (CNAES) ficaram colocados numa universidade ou instituto politécnico. Segundo os dados divulgados esta quinta-feira pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (MCTES), os números dos que ficaram de fora dispararam depois de uma 1.ª fase em que 77% dos candidatos ficaram colocados.

Dos 22.953 candidatos à 2.ª fase, ficaram colocados 9.154 estudantes - o equivalente a 39,88%.

Dos quase 23 mil candidatos, mais de nove mil já tinham concorrido à 1.ª fase mas não tinham ficado colocados (9.534), seguindo-se os casos dos que concorreram agora pela primeira vez (4.491).

Houve ainda 1.972 concorrentes que tinham ficado colocados na 1.ª fase mas decidiram não se matricular e outros 6.956 que se matricularam mas voltaram a tentar nesta 2.ª fase.

Mais de 4 mil vagas não foram ocupadas, na sua maioria em cursos de institutos politécnicos, como Bragança, Guarda ou Castelo Branco.

Cada instituição de ensino superior decide agora, para cada um dos seus cursos, sobre a abertura da 3.ª fase do concurso. As vagas colocadas a concurso serão divulgadas a 21 de Outubro no site da Direcção-Geral do Ensino Superior e a candidatura vai decorrer entre 21 e 25 de Outubro.

Ler mais
PUB