Confirmados 58 casos de varíola dos macacos em Portugal

Direcção-Geral da Saúde confirmou mais nove casos desde quarta-feira. Casos mantêm-se em acompanhamento clínico e “estáveis”.



A Direcção-Geral da Saúde (DGS) confirmou, esta quinta-feira, mais nove casos de varíola dos macacos em Portugal, subindo para 58 o número total.

“Todas as infeções confirmadas são em homens entre os 23 e os 61 anos, tendo a maioria menos de 40 anos”, informa a autoridade de saúde, numa nota enviada às redacções. Os casos identificados, que forram confirmados pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), mantêm-se em acompanhamento clínico, encontrando-se “estáveis”.

A DGS informa que estão a decorrer inquéritos epidemiológicos, com o objectivo de identificar cadeias de transmissão, potenciais novos casos, respetivos contactos e eventuais locais de exposição. “A DGS informa ainda que Portugal está a encetar diligências no sentido de constituir uma reserva nacional de vacinas, através do mecanismo europeu. De igual forma, através de especialistas da Comissão Técnica de Vacinação da DGS, está a ser estudada a eventual necessidade de administrar a vacina a contactos de casos confirmados e a profissionais de saúde, no contexto deste surto”, acrescenta a nota.

Todos os indivíduos que apresentem erupção cutânea, lesões ulcerativas, gânglios palpáveis, eventualmente acompanhados de febre, arrepios, dores de cabeça, dores musculares e cansaço devem, segundo a DGS, procurar aconselhamento clínico, devendo cobrir as lesões cutâneas no momento em que se dirigirem a uma unidade de saúde.

Ler mais
PUB