Compradores de dívidas processam SNS em centenas de milhões de euros

Empresa de factoring tem comprado créditos de fornecedores hospitalares e, por via judicial, exige não só o pagamento da dívida, como de juros de mora e de indemnizações. Só no último mês e meio deram entrada em Lisboa 32 acções, no valor de 27 milhões. ACSS já criou um grupo de estudo para analisar o caso.



TÓPICOS

Os hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) têm sido processados judicialmente, nos últimos dois anos, por uma empresa de factoring, a BFF Bank Sucursal em Portugal, em centenas de milhões de euros.

Em causa está o atraso no pagamento de facturas, evidenciando a incapacidade do SNS em cumprir o prazo de pagamento a fornecedores. A Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS) está a par da situação e, sabe o NOVO, já criou um grupo de trabalho para analisar esta situação.

Ao comprar estes créditos, o BFF tem direito a recorrer à via judicial e é isso que tem feito, o que não é prática habitual no sector da saúde, pelo menos nesta dimensão. Só no último mês e meio deu entrada a 32 acções no Tribunal Administrativo de Círculo de Lisboa para reclamar créditos que ultrapassam 27 milhões de euros.

Leia o artigo na íntegra na edição do NOVO que está, este sábado, dia 26 de Novembro, nas bancas.

$!Compradores de dívidas processam SNS em centenas de milhões de euros
Ler mais