2600 novos elementos para PSP e GNR e reforço de investimento até 2026

Ministro da Administração Interna, José Luís Carneiro, informou que os investimentos em infraestruturas e equipamentos para as polícias vão atingir 600 milhões de euros.



Vão ser admitidos na PSP e GNR 2600 novos elementos em 2022, anunciou esta sexta-feira o ministro da Administração Interna. José Luís Carneiro informou ainda que os investimentos em infraestruturas e equipamentos para as polícias vão atingir 600 milhões de euros até 2026.

“Continuar o esforço de rejuvenescimento, mantendo níveis elevados de prontidão e eficácia operacional. Para o efeito, durante o ano de 2022, serão admitidos mais 2600 elementos, sendo que, destes, temos já em formação 948 agentes, mais 25 oficiais da PSP e 961 guardas e mais 92 em formação de guarda-florestal. E outros concursos estão em preparação. A sua eficácia poderá ocorrer neste ano ou entre 2022 e 2023”, disse o governante, que falava em audição parlamentar no âmbito da apreciação do Orçamento do Estado para 2022.

O ministro acrescentou ainda que a futura proposta de lei de programação de infraestruturas e equipamentos das forças e serviços de segurança para os anos de 2022 a 2026 será submetida ao parlamento e terá um investimento estimado em 600 milhões de euros. Já sobre os investimentos, precisou que até ao final deste anos está em execução um valor superior a 300 milhões de euros em infraestrutura e equipamentos das polícias.

Ler mais
PUB