Opinião

Ponto de fuga

Rui Rocha


Quinta-feira, 3

Cabrita revela diminuição da sinistralidade e criminalidade em 2020. Depois de ter permitido a recandidatura de Marcelo, de ter lutado sozinho pelos Direitos Humanos no caso SEF e de ter defendido os imigrantes em Odemira contra tudo e contra todos, reduziu os acidentes na estrada e a gatunagem num ano em que estivemos metidos em casa. De facto, nem todos os heróis vestem capa.

Sexta-feira, 4

Completam-se 32 anos sobre o massacre da Praça Tiananmen, em que terão perdido a vida centenas de manifestantes pacíficos que desafiaram o regime de Pequim e que foram esmagados brutalmente pelo exército chinês. Ou, como diz o PCP do simpático Jerónimo, completam-se 32 anos desde o dia em que na Praça Tiananmen não aconteceu nada.

Sábado, 5

O PSD afunda nas sondagens e Rio não esconde a satisfação por acertar mais uma previsão que tinha feito no Twitter umas horas antes. Sabem aqueles malucos que vão na auto-estrada em contramão e pensam que eles é que estão certos? É quase isso, mas com uma diferença: Rio não só não acha estranho que todos os carros passem em sentido contrário, como fica todo contente quando se cruza com eles.

Domingo, 6

Dezenas de milhares de britânicos abandonam apressadamente o Algarve, prejudicando gravemente todos os agentes económicos que esperavam uma retoma sustentada da actividade turística. Bem, todos não, porque à TAP, como praticamente não põe as asinhas em Faro, tanto lhe dá como se lhe deu. Depois digam que não há aqui visão estratégica.

Segunda-feira, 7

Dos mesmos autores de “Santos Silva surpreendido com o facto de José Sócrates andar na malandragem” e de “Santos Silva surpreendido com a retirada de Portugal da lista verde do Reino Unido”, temos “Santos Silva surpreendido com a exigência de teste aos portugueses que queiram entrar em Espanha”. Um dia destes, o Super-Cabrita ainda vai ter de dar uma mãozinha nos Negócios Estrangeiros.

Terça-feira, 8

Depois de ter sido arrasado pelo CEO da Ryanair e de ter sido vergastado em público pela líder da bancada parlamentar do PS, Pedro Nuno Santos é confrontado com a divulgação de notícias que revelam que o seu antigo chefe é suspeito de tráfico de influências e corrupção. Dá ideia que Ana Catarina Mendes está a levar esta coisa da candidatura a uma futura liderança do PS mesmo muito a sério.

Quarta feira, 9

O nascer do sol é às 06h01 e o pôr-do-sol às 21h05. A Lua encontra-se em quarto minguante. Lisboa regista uma mínima de 16 °C e uma máxima de 31 °C. Faltam 12 dias para o Verão e 5 anos, 6 meses e 19 dias para Pedro Adão e Silva, um motorista, um secretário pessoal, três adjuntos, três técnicos especialistas e quatro técnicos superiores terminarem a sua missão.