Boa ou má moeda: as escolhas do NOVO



TÓPICOS

As boas

Ursula von der Leyen

Enquanto os líderes do eixo Paris-Berlim vão dando sinais de falta de compromisso com o esforço de guerra pela sobrevivência da Ucrânia enquanto país livre e pró-ocidental, a líder da Comissão Europeia não hesitou em deslocar-se a Kiev numa altura em que Zelenski enfrenta uma ofensiva avassaladora.

Rui Costa

Voltar a ser campeão de futebol é o objectivo do presidente do Benfica mas, por agora, retomou primazia no mercado de transferências, com o Liverpool a pagar 75 milhões de euros (que podem ir aos 100) pelo avançado uruguaio Darwin Núñez. Muito mais do que o FC Porto auferiu pelo talentoso colombiano Luis Díaz.

As más

Emmanuel Macron

O Presidente que deve a longevidade no Eliseu à coligação negativa contra Marine Le Pen viu a sua maioria posta em causa na primeira volta das legislativas francesas. O avanço da União Popular do extremista de esquerda Mélenchon mostra que, depois de secar o PSF e a direita, Macron é um eucalipto de si mesmo.

Marta Temido

Quase tão lamentável quanto a recorrente situação caótica nas urgências hospitalares, indigna de um país como Portugal, é a reacção da ministra da Saúde. Mais bem servidos ficariam os portugueses se, em vez de dedicar tanta energia a ríspidas respostas defensivas, optasse por aplicá-la a evitar problemas.

Ler mais