Boa ou má moeda: as escolhas do NOVO



As boas

Volodimir Zelenski

Mais do que da passagem do secretário-geral das Nações Unidas por Kiev, após António Guterres ter agraciado Moscovo com a sua presença, Zelenski beneficiou da visita dos secretários de Estado e da Defesa dos EUA, com Antony Blinken e Lloyd J. Austin III a deixarem garantias de mais ajuda militar e diplomática.

Emmanuel Macron

Impopular entre quem o elegeu e reelegeu, o Presidente de França teve o bom senso de admitir que a vitória de domingo se deveu bem mais à ânsia de derrotar Marine Le Pen do que ao entusiasmo que gera no eleitorado. Segue-se o desafio de contero avanço da extrema-direita nas legislativas de 12 de Junho.

As más

Mariana Mortágua

No artigo que marcou o fim da sua colaboração paga com o Jornal de Notícias, culpou todos, incluindo o NOVO, um dos “jornais obscuros” que noticiaram a sua relação difícil com o estatuto de exclusividade. Se a bloquista tivesse o mesmo grau de exigência consigo que tem com os outros, culparia o seu espelho.

Vladimir Putin

O Presidente da Rússia não só não é marxista como deita por terra a máxima de Karl Marx:a História repete-se, primeiro como tragédia e, depois, como farsa. A ambição de tomar toda a costa da Ucrânia para alcançar a região moldava da Transnístria prova que Putin poderá vir a ser tão trágico para o mundo quanto Hitler.

Ler mais