Boa ou má moeda: as escolhas do NOVO



As boas

Francisco Calheiros

O líder da confederação do turismo afirmou o óbvio, mas custa a ser entendido: “Os empresários só não pagam mais porque não podem, não porque não querem.” Bem sei que esta afirmação colide com a narrativa antipatrões, mas a realidade é superior ao mundo ilusório da esquerda. É preciso mais produtividade.

Pedro Simas

É uma voz autorizada no meio da pandemia que vivemos. Ainda esta semana, com uma serenidade absoluta, apelou a que os políticos se concentrem no conhecimento para tomarem decisões. Hoje, a imunidade de grupo está acima dos 90%, com um processo vacinal positivo, não valem a pena histerias.

As más

Fernando Santos

O engenheiro que nos deu o título de campeões europeus em 2016, com aquele golo irrepetível do Eder, não foi capaz de assegurar o apuramento de Portugal para o Mundial do Catar à primeira. Apesar do talento, continuamos com o problema crónico deste país: falta de organização colectiva.

Inês de Sousa Real

A líder do PAN, porta-voz da luta contra a agricultura intensiva, defensora dos animais e do meio ambiente, passou de quase ministra de Costa ou do PSD a Robles do PAN. Afinal, é sócia de empresas com produção agrícola que pode ser intensiva. Diz que são túneis, mas bem prega frei Tomás.

Ler mais