Boa ou má moeda: as escolhas do NOVO



TÓPICOS

As boas

Volodimir Zelenski

Na hora mais negra das últimas semanas, com avanço de tropas russas ao longo do Donbass, provou mais uma vez coragem ao deslocar-se à frente de batalha, Essa rara saída de Kiev, onde se mantém há mais de uma centena de dias do que a Rússia planeava, foi uma ocasião para levantar o moral a todos os ucranianos.

Mira Amaral

Numa semana marcada por Cavaco Silva, seu primeiro-ministro nos distantes anos 80 e 90, o ex-governante foi um dos poucos que foram acompanhar o funeral de João Rendeiro. “A vida não se faz só de bons momentos”, disse Mira Amaral, solidário com a viúva de quem teve muita gente à volta quando era poderoso.

As más

António Costa

Porventura afectado pelo repto de “fazer mais e melhor” do que o antecessor que ainda detém o recorde de longevidade no poder, atirou-se para fora de pé ao dizer que quer um aumento de 20% no salário médio até ao fim da legislatura - um apelo às empresas que exige medidas que dificilmente virá a tomar.

Vladimir Putin

Qualquer sucesso que esteja a ter na guerra, à custa do sacrifício de milhares dos seus militares, está longe de escamotear o facto de que o Presidente russo acumula responsabilidades por ir impedindo a saída de cereais dos silos da Ucrânia, que são essenciais para evitar que milhões de pessoas passem fome.

Ler mais