Boa ou má moeda: as escolhas do NOVO



As boas

Volodimir Zelenski

Aproveitando as críticas feitas pelos derradeiros resistentes de Mariupol para exigir mais armas aos países ocidentais, o Presidente da Ucrânia voltou a dar cartas na forma como se dirigiu ao mundo, ligando a efeméride do triunfo sobre os nazis à extrema necessidade de vencer a Rússia. Algo que até já pareceu mais difícil.

Sérgio Conceição

Principal obreiro do regresso do FC Porto aos títulos de campeão, o treinador de 47 anos teve o mérito de tirar o máximo proveito dos talentos da formação (Diogo Costa e Vitinha foram expoentes). E de ultrapassar o rombo de perder a “estrela da companhia”, Luis Díaz, vendido ao Liverpool no mercado de Inverno.

As más

Marta Temido

Nem o tom indignado pronto-a-usar com que Catarina Martins pôs a questão sobre a alegada penalização de médicos e pacientes que tenham recorrido à interrupção voluntária da gravidez justifica a exaltação da ministra da Saúde no Parlamento. Fazer parte do Governo também implica ouvir aquilo de que não se gosta.

Vladimir Putin

A iminente entrada da Suécia e da Finlândia na NATO junta-se ao rol de “conquistas” do senhor do Kremlin. E faz temer que o objectivo último da “operação militar especial” seja exacerbar o acantonamento da Rússia, rodeando-a de inimigos externos que perpetuem um regime que junta o pior que se viu no século XX.

Ler mais