Zelenski queixa-se da demora da UE em aprovar novas sanções à Rússia

Presidente ucraniano questionou se alguns países estariam a bloquear o plano.



O Presidente ucraniano queixou-se da demora da União Europeia (UE) em aprovar um novo pacote de sanções contra a Rússia, que incluiria um embargo ao petróleo, questionando se alguns países estariam a bloquear o plano.

Num vídeo gravado na noite de quinta-feira, Volodimir Zelenski queixou-se ao afirmar que, “há semanas, a UE tem tentado chegar a um acordo sobre um sexto pacote de sanções contra a Rússia”.

Moscovo “recebe quase mil milhões de euros” num dia dos europeus pelo fornecimento de energia, o que lhe permite continuar a financiar a invasão militar na Ucrânia, sublinhou.

A UE está a debater há semanas uma sexta ronda de sanções económicas à Rússia que incluiria um embargo às importações de petróleo russo, uma medida que exige unanimidade para a sua aprovação mas à qual a Hungria se opõe, alegando que prejudicaria seriamente a sua economia.

“De onde tiram tanto poder aqueles que bloqueiam o sexto pacote? Porque ainda permitem que tenham tanto poder, mesmo em procedimentos intra-europeus?”, perguntou Zelenski, sem mencionar a Hungria.

O Presidente da Ucrânia lembrou que o que está em jogo nestas decisões de pressionar a Rússia é “literalmente” a vida dos ucranianos, garantindo que “cada dia de atraso, de fragilidade, de disputas diversas ou de propostas para ‘apaziguar’ o agressor à custa da vítima são mais ucranianos mortos e novas ameaças a todos” na Europa.

Ler mais
PUB