Zelenski apela aos líderes do G7 para fazerem tudo para acabar com a guerra até ao final do ano

Nesse sentido, o Presidente ucraniano pede a intensificação das sanções contra a Rússia, sistemas de defesa antiaérea e ajuda para a reconstrução do país.



Volodimir Zelenski dirigiu-se esta segunda-feira aos líderes do G7, que estão reunidos numa cimeira na Alemanha, e apelou a que fizessem tudo para acabar com a guerra até ao final do ano, segundo a AFP, que cita uma fonte.

O Presidente da Ucrânia falou através de videoconferência e disse aos líderes do G7 que as condições de batalha vão dificultar a situação para as suas tropas. Zelenski acrescentou que a guerra pode arrastar-se ainda mais.

Com o intuito de pressionar mais a Rússia para tentar pôr termo ao conflito, o líder ucraniano pediu a intensificação das sanções por parte dos aliados ocidentais. Zelenski apelou aos líderes do G7 para “não reduzirem a pressão e continuarem a sancionar a Rússia de forma massiva”.

O Presidente ucraniano também pediu o envio de mais armas e de sistemas de defesa antiaérea, ajuda para a reconstrução do país e uma estratégia para desbloquear as exportações de trigo ucraniano.

Na sequência da intervenção de Zelenski, o anfitrião desta cimeira, o chanceler alemão Olaf Scholz, assinalou que o G7 vai “continuar a aumentar a pressão sobre Putin”. Num comunicado divulgado entretanto, o G7 compromete-se a continuar a dar apoio “financeiro, humanitário, militar e diplomático” à Ucrânia “enquanto for necessário”.

Ler mais
PUB