Rússia convoca embaixadores de Espanha e Itália em Moscovo

Convocações ocorrem um dia depois de a Rússia ter decidido expulsar dois diplomatas finlandeses, em resposta à mesma medida tomada pelas autoridades da Finlândia.



O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia convocou esta quarta-feira os embaixadores de Espanha e Itália em Moscovo. Fontes diplomáticas confirmaram a convocação à agência Efe.

No dia 5 de Abril, o Governo espanhol decidiu expulsar 27 pessoas, entre diplomatas e funcionários da embaixada russa em Espanha, por considerar que representavam “uma ameaça à segurança” do país e como um sinal de repúdio às acções das tropas russas na Ucrânia.

No mesmo dia, o ministro dos Negócios Estrangeiros de Itália, Luigi di Maio, anunciou a expulsão de 30 diplomatas da embaixada da Rússia em Roma por serem um risco “para a segurança nacional”, seguindo as medidas idênticas tomadas por outros países europeus.

Estas convocações ocorrem um dia depois de a Rússia ter decidido expulsar dois diplomatas finlandeses, em resposta à mesma medida tomada pelas autoridades da Finlândia, que em Abril expulsaram dois funcionários da embaixada da Rússia em Helsínquia.

A guerra na Ucrânia causou já a fuga de mais de 14 milhões de pessoas das suas casas, de acordo com os mais recentes dados da ONU.

Ler mais
PUB