Putin queixa-se de “agressão directa” de ciberataques do Ocidente contra a Rússia

Num discurso aos membros do Conselho de Segurança russo, Presidente da Rússia observou que os “desafios nessa área tornaram-se ainda mais prementes, sérios e extensos”.



O Presidente russo afirmou que a Rússia enfrentou uma “agressão directa” através de ciberataques do Ocidente durante a invasão da Ucrânia, mas defendeu-se com sucesso.

Num discurso aos membros do Conselho de Segurança russo, Vladimir Putin observou que os “desafios nessa área tornaram-se ainda mais prementes, sérios e extensos”.

O Presidente russo denunciou que foi “desencadeada uma agressão directa contra a Rússia, uma guerra travada no espaço da informação”, acrescentando que a agressão cibernética contra Moscovo, “tal como o ataque em forma de sanções, falhou”.

Putin ordenou aos funcionários que “aperfeiçoassem e reforçassem os mecanismos de garantia de segurança da informação em instalações industriais de importância crítica que têm uma relação directa com a capacidade defensiva [da Rússia] e com o desenvolvimento estável das esferas económica e social”.

Ler mais
PUB