Mais de 25% das mulheres sofreram violência por parte do companheiro, revela estudo

Segundo o estudo, a violência – sexual e/ou física – é frequente em faixas etárias mais jovens, com 24% das mulheres entre 15 e 19 anos a terem sido vítimas de episódios de violência pelo menos uma vez.



Mais de 25% das mulheres entre os 15 e os 49 anos sofreram de violência por parte do seu companheiro. A conclusão consta de um estudo, com dados entre 2000 e 2018, publicado na quarta-feira pela revista Lancet.

Segundo o estudo, a violência – sexual e/ou física – é frequente em faixas etárias mais jovens, com 24% das mulheres entre 15 e 19 anos a terem sido vítimas de episódios de violência pelo menos uma vez.

Apesar de não existirem dados sobre a incidência no período de pandemia, uma vez que o estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS) inclui dados até 2018, Claudia Garcia, principal autora do relatório, afirma que “as investigações demonstraram que a pandemia exacerbou os problemas que conduzem à violência pelo parceiro, como o isolamento, a depressão e a ansiedade e o consumo de álcool, além de reduzir o acesso aos serviços de apoio”.

Em 2018, último ano em que decorreu o estudo, que englobou respostas de dois milhões de mulheres de 161 países, uma em cada sete sofreu violência por parte dos seus parceiros.

Lymarie Sardinha, outra das autoras, classifica como “alarmantes” os elevados níveis de violência contra mulheres mais jovens. As estimativas da OMS revelam que África reunia a maior quantidade de mulheres vítimas de violência ao longo da vida. Seguem-se a Oceânia, Ásia, América e Europa.

Ler mais
PUB