Chuvas na cidade brasileira de Petrópolis já mataram 176 pessoas

Segundo informações confirmadas esta segunda-feira pelo Corpo de Bombeiros, mais de uma centena de pessoas estão desaparecidas.



As fortes chuvas que devastaram desde a última terça-feira parte da cidade brasileira de Petrópolis já causaram 176 mortos – entre os quais 29 jovens e crianças – e cerca de 200 feridos. Segundo informações confirmadas esta segunda-feira pelo Corpo de Bombeiros, mais de uma centena de pessoas estão desaparecidas.

Mais de 500 bombeiros actuam na zona para tentar localizar mais vítimas, embora os trabalhos tenham sido interrompidos esta manhã, devido às chuvas e ventos fortes que ainda atingiram a região, e só foram retomados às 07h00 locais (12h00 em Lisboa).

Até agora, as equipas de socorro conseguiram resgatar 24 pessoas vivas da lama e dos escombros, que foram transferidas para hospitais da região.

Cerca de 850 pessoas foram retiradas das suas casas e recebem assistência social nos pontos de apoio instalados em escolas e igrejas da cidade.

Na noite da última terça-feira, Petrópolis foi devastada pelas piores chuvas em quase um século.

Na quinta-feira voltou a chover com intensidade e houve novas enchentes, agravando a situação.

Ler mais