Brasil autoriza venda e uso de autotestes à covid-19

Venda será permitida directamente ao consumidor por farmácias e estabelecimentos de saúde licenciados para comercializar dispositivos médicos.



A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) do Brasil aprovou esta sexta-feira uma resolução que autoriza o uso e a venda de autotestes para a covid-19 no Brasil.

Em nota, a Anvisa frisou que a resolução “estabelece os requisitos e os procedimentos para a solicitação de registo, distribuição, comercialização e utilização de autotestes”.

A venda de autotestes será permitida directamente ao consumidor por farmácias e estabelecimentos de saúde licenciados para comercializar dispositivos médicos.

“É proibida a oferta de autotestes na internet em sítios electrónicos que não pertençam a farmácias ou estabelecimentos de saúde autorizados e licenciados pelos órgãos de vigilância sanitária competentes”, adianta a nota.

Embora a resolução tenha sido aprovada, nenhum autoteste poderá ser comercializado imediatamente no país, já que as empresas legalmente habilitadas que desejarem colocar esses dispositivos à venda terão de registar o produto.

O Brasil registou já mais de 625 mil mortes relacionadas com a doença e mais de 24,7 milhões de infecções.

Ler mais
PUB