Veríssimo: “O Benfica não ganha um troféu há dois anos e meio”

Águias defrontam o Sporting este sábado, em Leiria, para a final da Taça da Liga e o treinador dos encarnados não escondeu a importância que o troféu tem.



Mais que um dérbi. É um troféu. Acaba por ser esta a interpretação possível das palavras proferidas por Nélson Veríssimo, treinador do Benfica, na antevisão à final da Taça da Liga, este sábado, frente ao Sporting.

“Um dérbi é sempre um dérbi, os jogadores têm consciência disso. Muitos têm dérbis e clássicos nas pernas, para outros será o primeiro. É um jogo diferente, com emoções diferenciadas em relação a outros, mas o objectivo é sempre o mesmo: lutar pela vitória e conseguir ganhar. Temos consciência de que o clube não ganha um troféu há dois anos e meio, conhecemos a importância dos troféus, mas isso não traz mais nem menos responsabilidade relativamente ao que tínhamos no início da época”, afirmou o técnico dos encarnados.

Já em relação a questões tácticas, Veríssimo decidiu esconder o jogo do rival: “Para o jogo de amanhã está tudo em aberto, não vou dar trunfos a Rúben Amorim. Independentemente de os treinadores gostarem mais de um sistema ou de outro, não podemos colocar nenhum de parte. É perceber o momento da equipa, o adversário e a estratégia que temos de adoptar. É nossa convicção que os jogadores têm de se sentir confortáveis no sistema em que jogam.”

Ler mais
PUB