Ronald Koeman dá alento ao Benfica: “Não se podem esperar milagres na Liga dos Campeões”

Ambiente pesado no Barcelona com o treinador holandês a ler um comunicado sem direito a perguntas.



As coisas não estão fáceis na Catalunha. O Barcelona empatou em casa diante do Granada dos portugueses Luís Maximiano e Domingos Duarte, autor do golo dos andaluzes, e a equipa não parece ter meios para lutar pelos principais objectivos. Isto sem falar na saída de Messi e na goleada sofrida frente ao Bayern de Munique, por 3-0, em Camp Nou.

Ronald Koeman, curiosamente antigo treinador do Benfica, tem o seu lugar em perigo, mas isso não o impediu de ler um comunicado, no qual pede apoio sem fazer promessas. Tendo dito mesmo que na Liga dos Campeões não se podem esperar milagres. E o próximo adversário do Barcelona é, precisamente, o Benfica.

Eis o comunicado na íntegra:

“Bom dia a todos, o clube está comigo numa situação de reconstrução, a situação financeira do clube está ligada ao desempenho desportivo, e vice-versa. Isso significa que nós, como equipa, temos que reconstruir o plantel sem poder fazer grandes investimentos. Isso leva tempo.

Os jovens podem tornar-se nas novas estrelas mundiais num par de anos. O lado positivo é que os jovens terão oportunidades como Xavi e Iniesta tiveram nos seus dias. Mas é preciso paciência.

Ficar no topo da Liga seria um sucesso. O futebol europeu é uma boa escola para esses talentos. Na Champions League não se pode esperar milagres. A derrota com o Bayern tem de ser abordada nesta perspectiva. Tudo tem que estar sustentado em palavras e acções, apoiando o processo que estamos a realizar.

Eu sei que a imprensa conhece esse processo. Não é a primeira vez na história do Barcelona que isso acontece. Contamos com o vosso apoio nos momentos difíceis. Como equipa e jogadores estamos muito, muito felizes, com o apoio dos adeptos como aquele que o Barcelona teve no jogo contra o Granada”.

Ler mais
PUB