Quando não há nada a dizer

B-SAD-Benfica terminou aos 50 minutos quando já ia em 7-0 a favor das águias. Equipa do Jamor apresentou-se para o apito inicial com 9 elementos e iniciou o segundo tempo com 7 jogadores. Lesão de Diogo Calila deixou azuis com 6 atletas e o árbitro Manuel Mota acabou com o desafio.



Este jogo não devia ter acontecido. Sob pena de falta de comparência e, consequentemente, de perda de pontos, o Belenenses SAD teve de ir a jogo... com nove jogadores. Eu entendo. Mas é o que é. Teve de ser.

Gostava que tivessem tido essa mesma insurgência quando, no ano passado, os jogos que o Benfica pediu para serem adiados não foram ou quando houve falsos positivos. Mas é o que é. Também teve de ser.

Deve fazer-se uma profunda reflexão sobre o que se passou hoje porque isto é como fazer amor com uma pessoa tão bêbada que nem para isso acorda. É que nem há reacção nem há prazer. Nem consigo fazer piadas com isto.

Agora não venham é culpar o Benfica porque, de culpa, não tem nada. O jogo foi levado avante e fizeram o jogo deles.

Que as coisas mudem e haja mais bom senso.

*Comediante e adepto do Benfica

Ler mais
PUB