Pedro Proença sensibilizou partidos para baixar IVA de 23% para 6% mas medida não vai avançar

Presidente da Liga reuniu com os vários grupos parlamentares depois de ter enviado uma carta à Comissão Parlamentar de Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto, mas o PS, com maioria no parlamento, já tomou a decisão de não viabilizar devido ao impacto e também porque o Orçamento é apenas para meio ano



Termina esta sexta-feira o prazo para a entrega de propostas de alteração ao Orçamento do Estado (OE) para a discussão na especialidade. Foi por isso, segundo apurou o NOVO, que Pedro Proença, presidente da Liga Portugal, esteve, na semana passada, na Assembleia da República, com o intuito de sensibilizar os grupos parlamentares para algumas das reivindicações que considera importantes para o futebol profissional.

O NOVO teve acesso a uma carta enviada, nos últimos dias de Abril, por Pedro Proença a Luís Graça, presidente da Comissão Parlamentar de Cultura, Comunicação, Juventude e Desporto, e que pode ler transcrições na edição impressa do NOVO desta sexta-feira, 12 de Maio.

Nessa missiva Pedro Proença insiste na redução do imposto sobre o valor acrescentado (IVA) de 23% para 6% para o futebol.

Esta é uma luta antiga do dirigente desportivo, contudo, segundo o NOVO conseguiu saber, o Partido Socialista, com maioria no Parlamento, não se encontra disponível para viabilizar essa medida mesmo que a proposta seja colocada a discussão por outra força partidária.

$!Pedro Proença sensibilizou partidos para baixar IVA de 23% para 6% mas medida não vai avançar
Ler mais
PUB