Liga das Nações no mar

Inspirou-se em terra nos mundiais de futebol e de râguebi. A SSL Gold Cup, liga fechada nascida no mar, reúne 56 países: 32 passam pela qualificação, 24 já estão na fase final e apenas quatro lutam pelo título de campeão do Mundo de vela. Portugal está na Suíça, onde disputa a entrada na fase final, a decorrer no Barém.



TÓPICOS

Ao todo são 56 nações em competição pelo título de campeão mundial. Há uma fase de qualificação, uma fase final e a final propriamente dita.

As equipas são constituídas por 11 nacionais de um país, de ambos os sexos, todos numerados. Um capitão escolhe metade dos que “vão a jogo”. O resto é eleito tendo por base um ranking.

A SSL Nations Gold Cup é uma competição de vela a funcionar numa liga fechada de países, a Star Sailors League (SSL). Inspirou-se nos campeonatos do Mundo de futebol (1930), aplicou uma escolha feita tendo por base critérios do ATP/WTA do ténis e imitou o modelo competitivo do râguebi, competição iniciada em 1987, ao apurar directamente 24 selecções.

Saiba mais sobre esta competição na edição impressa do NOVO desta sexta-feira, 3 de Junho, a qual arrancou a 19 de Maio na Suíça e termina a 17 de Julho, no lago de Neuchâtel, na comuna de Grandson, local de eleição da náutica helvética.

Portugal está na ronda 4 da Qualifying Series, de 9 a 12 de Junho, penúltima da prova. A selecção nacional, capitaneada por João Rodrigues, windsurfista madeirense com sete Jogos Olímpicos no portefólio, tem como adversários a Turquia, a Chéquia e a Bulgária.

$!Liga das Nações no mar
Ler mais
PUB