Glória portuguesa inédita no deserto árabe

Joaquim Rodrigues venceu a terceira etapa da edição de 2022 do Dakar, a especial de Al Qaisumah (Arábia Saudita). O piloto da Hero tornou-se o nono português (sexto motard) a ganhar uma tirada na mais dura prova de todo-o-terreno. Primeira conquista nacional em duas rodas ocorreu há 25 anos.



Tripla estreia de Joaquim Rodrigues no Dakar 2022. Haveria melhor forma de terminar a terceira etapa da mítica competição de todo-o-terreno, a especial de Al Qaisumah?

Para o piloto da Hero, nem pensar. Ora bem, o cunhado do saudoso Paulo Gonçalves cumpriu os 255 quilómetros cronometrados (636 quilómetros de total) mais rapidamente que a concorrência e conquistou três “primeiras vezes”. Ganhou pela primeira vez na prova-rainha, a equipa indiana onde corre com uma 450 Rally também averbou o primeiro triunfo e foi ainda o primeiro português a sair vitorioso desde que o Dakar se disputa na Arábia Saudita (é o terceiro ano consecutivo), na Ásia.

É que a última vitória nacional foi há seis anos, quando Hélder Rodrigues – com o guiador de uma KTM nas mãos – obteve sucesso na 12.ª etapa do Dakar 2016, que ligou San Juan a Villa Carlos Paz, quando a prova-rainha do todo-o-terreno se disputava na América do Sul.

Leia mais sobre as conquistas portuguesas no Dakar na edição em papel do NOVO que está nas bancas esta sexta-feira, dia 7 de Janeiro.

$!Glória portuguesa inédita no deserto árabe
Ler mais