FC Porto goleia Tondela (4-0) com resultado mentiroso

Foi preciso um penálti para desbloquear o marcador. Depois, com a expulsão de um jogador visitante, abriu-se o ketchup. A exibição portista, essa, não convenceu. Mérito a Sérgio Conceição pela forma como mexeu na equipa.



O FC Porto fez o que lhe competia. Venceu, com goleada, o Tondela por 4-0 no Dragão e vai manter, pelo menos os seis pontos de vantagem sobre o Sporting, aconteça o que acontecer esta segunda-feira em Moreira de Cónegos entre a equipa local e o campeão nacional.

No Dragão, este domingo, o FC Porto realizou uma exibição fraca na primeira parte não conseguindo criar soberanas oportunidades de golo, excepção feita a um remate de Wendell no interior da área. O Tondela sabia fechar espaços, trocar a bola e colocar em sentido o último reduto portista. Ameaçou marcar, mas jogou melhor no futebol sem balizas deixando Sérgio Conceição preocupado.

O jogo começou a decidir-se em cima do intervalo quando o central Sagnan chegou atrasado a uma disputa de bola com Taremi. Na área de rigor o iraniano tocou a bola e o francês chegou atrasado pontapeando o pé do goleador portista. O próprio Taremi cobrou o penálti com mestria. Outra coisa não seria de esperar visto que o avançado tem uma eficácia de 100% de dragão ao peito.

Na segunda parte a incerteza manteve-se, mas só até certa altura. Francisco Conceição, que havia entrado, rematou ao poste da baliza de Pedro Trigueira e logo a seguir, aos 67’, o central Manu Hernando viu, justamente, o segundo amarelo. O que parecia um beco sem saída tornou-se numa via verde com muitas faixas.

O FC Porto acelerou um pouco, procurou os espaços vazios e deu forma à goleada. Galeno (73’), Fábio Vieira (76’) e Francisco Conceição (79’), tudo jogadores saídos do banco, marcaram e deram uma expressão mentirosa ao resultado, que não espelha as dificuldades que o FC Porto sentiu perante um Tondela que joga bem mas é pouco incisivo no último terço.

Os líderes da I Liga regressam aos triunfos em casa para o campeonato (empates diante de Sporting e Gil Vicente) e somam agora 54 partidas para o campeonato sem perder. E ainda pressionam o Sporting para a visita ao estádio do Moreirense no fecho da jornada 26.

Ler mais
PUB