Duas jornadas finais com emoção q.b.

Falta pouco para se conhecer o campeão nacional de futebol. Com o Sporting, actual detentor do título, na expectativa, o FC Porto tem nove dedos no troféu. No século XXI, em 22 campeonatos disputados, 11 decidiram-se nos derradeiros 180 minutos, mas apenas dois sofreram reviravoltas.



Está quase. Pode ser já este sábado, por volta das 20h00, se o FC Porto não perder com o Benfica na Luz, ou duas horas mais tarde, se o Sporting não ganhar em Portimão. Ou pode ser na semana a seguir.

Ora bem, com seis pontos de vantagem sobre o Sporting e com seis pontos por disputar, o FC Porto sabe que apenas perdendo frente ao Benfica, em Lisboa, e com o tranquilo Estoril, no Dragão, deixará de conquistar um campeonato que parece claramente inclinado para a equipa orientada por Sérgio Conceição.

Ao Sporting resta vencer e esperar por dois desaires portistas para depois fazer funcionar o confronto directo, que lhe é favorável, fruto do empate 1-1 em Alvalade e da igualdade a dois golos no Dragão, naquele que foi o jogo mais polémico da temporada.

Há ainda alguma emoção, alimentada pelo sempre palpitante clássico da Luz, mas poucos ousam arriscar outro campeão que não seja o FC Porto.

Desde o início do século XXI houve 11 campeonatos - cuja história pode relembrar na edição impressa do NOVO desta sexta-feira, 6 de Maio - que só ficaram resolvidos nas duas rondas derradeiras; contudo, apenas dois trocaram de líder nos últimos 180 minutos.

$!Duas jornadas finais com emoção q.b.
Ler mais
PUB