Brittney Griner condenada a nove anos de prisão por um tribunal russo

Griner também foi condenada a pagar uma multa de um milhão de rublos, mais de 15 mil euros. O caso da estrela do basquetebol dos Estados Unidos foi impactado pela profunda crise entre Washington e Moscovo.



Depois de ser declarada culpada por tráfico de droga com intenção criminosa, Brittney Griner foi condenada, esta quinta-feira, a nove anos de prisão por um tribunal russo, avança o The New York Times. O tribunal diz ter tido em conta o facto de Griner se ter declarado parcialmente culpada, os seus remorsos pelo acto, o seu estado de saúde e as suas acções de caridade.

Griner deixou claro que “nunca quis colocar em risco a população russa” ou “infringir” a lei daquele país, e admitiu ter cometido um “erro”.

A atleta de 31 anos foi detida a 17 de Fevereiro, num aeroporto em Moscovo, após ter sido detectado óleo de canábis na sua bagagem, segundo as autoridades locais.

Um dos desfechos para este caso que envolve Brittney Griner é uma troca de prisioneiros entre a Rússia e os Estados Unidos, que incluiria a atleta e um traficante de armas russo.

Ler mais
PUB