Helena Freitas é a nova directora do Parque de Serralves

A professora e investigadora da Universidade de Coimbra assume o cargo que estava vago desde Agosto de 2020. Sucede ao botânico António Gouveia.



Helena Freitas, professora e investigadora da Universidade de Coimbra na área da Biodiversidade, é a nova directora do Parque de Serralves, anunciou a Fundação de Serralves esta terça-feira.

O parque encontrava-se sem director há mais de um ano depois de o botânico António Gouveia ter abandonado o cargo “por motivos de ordem pessoal” após apenas seis meses em funções. A especialista, que presidiu à Liga para a Protecção da Natureza de 1999 a 2002 e dirigiu o Jardim Botânico da Universidade de Coimbra de 2004 a 2012, era já coordenadora geral da equipa directiva do Parque de Serralves desde esse período.

De acordo com a Fundação de Serralves, num comunicado citado pelo Público, a nova directora dará sequência ao seu “ambicioso plano de trabalho” de valorização do parque.

Através das redes sociais, Helena de Freitas reagiu ao anúncio formal do cargo e diz querer dar “um papel mais interventivo” ao parque, com “actividades de promoção e divulgação da ciência e à programação para a sustentabilidade”.

“Em Serralves, parece que foi sempre possível harmonizar a estética do espaço com a diversidade dos elementos naturais, garantindo assim um usufruto pleno destas dimensões: da arte à cultura e à natureza. Serralves é uma história de qualidade e de persistência na procura da cumplicidade de saberes, dando primazia ao gosto pela revelação sublime da expressão humana, na sua arte e na sua criatividade. É a essa dinâmica que importa dar dimensão, com um envolvimento empenhado da comunidade que Serralves construiu ao longo dos anos”, realça a investigadora na mesma nota.

Ler mais
PUB