“All Things Must Pass” de George Harrison com reedição de luxo

O histórico álbum, “All Things Must Pass”, gravado por George Harrison em 1970, após a dissolução dos Beatles, vai ter uma reedição de luxo. A edição, que celebra os 50 anos do disco, sai a 6 de Agosto.



A 27 de Novembro de 2020, na efeméride dos 50 anos da edição de “All Things Must Pass”, foi anunciada uma nova mistura do histórico triplo álbum de George Harrison. Produzida pelo filho do ex-Beatle, Dhani Harrison, com produção musical de David Zonshine e mistura do engenheiro vencedor de um Grammy Paul Hicks, a edição vai ser finalmente lançada no próximo dia 6 de Agosto.

A luxuosa reedição de “All Things Must Pass”, remasterizado pela última vez em 2014, inclui uma caixa de madeira artesanal com oito LPs, cinco CDs, um disco áudio Blu-ray, e dois livros: um álbum de 96 páginas com curadoria da viúva, Olivia Harrison, bem como uma crónica de 44 páginas da produção de “All Things Must Pass”. A colecção contém ainda um conjunto de 47 outtakes e demos, 42 delas nunca antes divulgadas.

Já a edição Super Deluxe vem com o mesmo pacote de LPs, CDs e Blue-ray, mas sem a caixa de madeira e com apenas 60 páginas de álbum de recortes. Além disso, o álbum estará também disponível nos formatos CD duplo, LP triplo ou vinil de três discos a cores de edição limitada.

Sobre esta colecção, Dhani Harrison salientou que se trata de uma forma de trazer “maior clareza sónica a este disco”, algo em que já tinham trabalhado juntos, até à morte do pai, em 2001. “Agora, 20 anos depois, com a ajuda das novas tecnologias e do extenso trabalho de Paul Hicks, realizámos este desejo e apresentamos este lançamento muito especial do 50.º aniversário daquela que é talvez a sua maior obra”.

Recorde-se que, junto de clássicos como “My Sweet Lord”, “What Is Life”, “Beware of Darkness”, o disco de natureza catártica conta contribuições de alguns dos maiores músicos da época, entre eles Eric Clapton, Ringo Starr, Billy Preston, Bob Dylan e Peter Frampton.

Ler mais
PUB