Rede Europeia de Acção Climática quer energia 100% renovável em todos os sectores até 2040

O apelo dos ambientalistas surge em antecipação da 26.ª Conferência das Nações Unidas sobre alterações climáticas (COP26), que acontece de 31 de Outubro a 12 de Novembro.



A Rede Europeia de Acção Climática (CAN Europe) quer energia 100% renovável em todos os sectores até 2040, defendendo uma transição energética “rápida, justa e sustentável”. “A Europa tem de apostar como nunca na energia eólica e solar para evitar o agravamento da degradação climática”, refere em comunicado a associação Zero, que integra, juntamente com outras 184 organizações europeias, a CAN Europe.

O apelo dos ambientalistas surge em antecipação da 26.ª Conferência das Nações Unidas sobre alterações climáticas (COP26), que acontece de 31 de Outubro a 12 de Novembro.

A organização salienta ainda que, antes desse prazo, é pretendido atingir a meta de que toda a electricidade seja proveniente de fontes de energia renováveis até 2035. “A electricidade renovável, principalmente a solar e eólica, deve ser a ‘espinha dorsal’ do nosso sistema energético, impulsionando a descarbonização em todos os outros sectores”, lê-se na nota.

A coligação insta ainda o líderes europeus a assumirem o compromisso da transição energética, de forma a evitar um futuro que “aparenta ser terrível”.

“A actual crise do gás fóssil que está a incendiar as facturas de energia é mais um lembrete da necessidade urgente de transitar dos combustíveis fósseis para um sistema energético totalmente baseado em energias renováveis”, sublinha o diretor da CAN Europe, citado em comunicado, acrescentando que não é possível continuar a “suportar os custos ambientais, económicos e sociais dos combustíveis fósseis”.

Ler mais
PUB